• Centro Ortopédico Ipiranga

Dia Mundial de Combate às LER/DORT

Hoje, 28 de fevereiro, é o Dia Mundial de Combate às Lesões por Esforço Repetitivo ou Distúrbios Osteomusculares, também conhecidas como LER/DORT. A sigla LER significa Lesão por Esforço Repetitivo, que faz parte do quadro de DORT, que por sua vez se refere aos Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho.


Cerca de 30 patologias estão relacionados às LER/DORT, alguns exemplos são:

• Tendinite

• Tenossinovite

• Bursite

• Epicondilite

• Síndrome do túnel do carpo

• Dedo em gatilho

• Síndrome do desfiladeiro torácico

• Síndrome do pronador redondo

• Mialgias


As LER/DORT alteram as estruturas osteomusculares, como tendões, articulações, músculos e nervos, sobrecarregam o sistema musculoesquelético e, assim, provocam dor, inflamação e podem alterar a capacidade funcional da região comprometida. É comum acometer pessoas com postura inadequada, estresse, que trabalham com computadores, em linhas de montagem e de produção, que operam britadeiras, digitadores, músicos, esportistas e pessoas que fazem atividades manuais, por exemplo, tricô e crochê.



Principais sintomas

  • Dor nos membros superiores, nos dedos e na coluna vertebral (cervical, dorsal e lombar);

  • Dificuldade em movimentá-los;

  • Formigamento;

  • Fadiga muscular;

  • Alteração na temperatura e sensibilidade;

  • Redução da amplitude do movimento;

  • Processos inflamatórios em tendões;

  • Contraturas musculares;

  • Dormência;

  • Falta de sensibilidade ou fraqueza para segurar objetos.



PREVENÇÃO

O melhor jeito de evitar as doenças que fazem parte do quadro das LER/DORT é dar atenção às questões da ergonomia e das condições de trabalho:

  • Usar mobiliário adequado;

  • Adotar uma postura correta ao andar ou ficar em pé;

  • Sentar-se de jeito certo, preferencialmente em cadeiras com encosto, evitando cruzar as pernas;

  • Verificar o ritmo de trabalho e o excesso de carga horária;

  • Deixar o monitor na linha dos olhos e nunca mais baixo;

  • Manter o teclado posicionado de maneira que o braço forme com o antebraço um ângulo de 90º ou usar um modelo que tenha disposição adequada das teclas para cada uma das mãos;

  • Usar apoio de mão arredondados e macios, que são colocados entre o teclado e a borda da mesa;

  • Usar apoio nos pés, um objeto parecido com degrau;

  • Realizar pausas durante as atividades manuais ou que provocam repetição de movimentos;

  • Fazer exercícios de relaxamento e alongamento para irrigar os tecidos.


Os métodos de prevenção variam de acordo com o perfil do paciente, da profissão, da rotina e ainda do ambiente de trabalho.


TRATAMENTO


O tratamento depende do estágio de evolução da LER/DORT. Normalmente, a fisioterapia e a acupuntura fazem parte desse processo. Em casos mais extremos pode haver a necessidade de intervenção cirúrgica.


Deve-se entender que o diagnóstico é basicamente clínico e o mais importante é, além de determinar a causa dos sintomas a fim de eleger o método adequado, buscar ajuda médica o mais rápido possível. Diagnósticos precoces são fundamentais para qualquer tratamento.


Sendo assim, se você tiver sentindo uma dor que não passa, entre em contato imediatamente com nossa equipe: (21) 99985-4472 / 98181-6519 / 2205-7996 / 3176-2061. Aqui em nosso site, você pode solicitar o agendamento preenchendo um simples formulário clicando aqui!

0 comentário

Rua Ipiranga, 109, Laranjeiras/RJ | Tel: (21) 2205-7996 / (21) 98181-6519

Atendimento presencial e Teleatendimento