• Assessoria COI

“Dirija Sem Desculpas”: começa a segunda fase


Dia do Motociclista marca o início da divulgação de seis vídeos

Dia do Motociclista marca o início da divulgação de seis vídeos.

No dia 27 de julho comemora-se o Dia do Motociclista. Porém, não há muito o que celebrar. De acordo com as estatísticas, a motocicleta é um dos meios de locomoção que mais mata no país. Só no estado de São Paulo, mais de 900 motociclistas já perderam a vida em 2017.

Para chamar a atenção sobre os riscos que envolvem esse tipo de transporte e dar continuidade à ação de conscientização intitulada “Dirija Sem Desculpas”, o primeiro vídeo da segunda fase da campanha fala por que razão algumas pessoas preferem andar de moto. Ao todo, serão seis vídeos com diferentes abordagens publicados nas Redes Sociais.

Vídeo sobre Motocicleta - 2ª fase da campanha Dirija Sem Desculpas

ESTATÍSTICAS E DADOS

Segundo os dados da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) e do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), em 2011 ocorreram 72,4 mil internações de vítimas de acidentes de trânsito no país. Desse total, quase 50% (35,7 mil) foram vítimas de acidentes de motocicleta.

De acordo com o “Mapa da Violência 2014 – Os jovens do Brasil”, de 1996 a 2012, mais de 130 mil pessoas morreram em acidentes com motocicletas.

Em 2015, o Seguro DPVAT indenizou 42.500 por morte e 515.750 por invalidez. Neste mesmo ano, o número de óbitos em acidentes envolvendo motocicletas no Brasil passou de 12 mil.

Fonte: Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo

No estado de São Paulo, conforme o levantamento feito pelo Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, os números de acidentes não param de crescer em 2017 e as motocicletas representam o meio de locomoção mais perigoso, chegando a quase 30 mil acidentes e mais de 900 mortos em apenas seis meses.

No Rio de Janeiro, em 2016, o número de vítimas de transito socorridas pelo Corpo de Bombeiros (CBMERJ) superou 55 mil — o que corresponde à população do município de Rio Bonito.

A quantidade de multas entre os cariocas também impressiona. De acordo com o Detran RJ, somente no primeiro semestre de 2017 foram aplicadas 19.611 multas a motociclistas. A maioria devido ao condutor ou passageiro estarem sem capacete de segurança.

Uma pesquisa realizada na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, concluiu que o Trauma é a maior causa de morte dos 20 aos 40 anos e o principal motivo de incapacidade entre acidentados.

Dr. Paulo Barbosa, diretor do Centro Ortopédico Ipiranga (COI) alerta sobre os riscos da imprudência no trânsito: “na moto, independente de quem tenha culpa, é o motociclista que sai perdendo porque ele é o parachoque. Usar os equipamentos de segurança é mais que uma obrigatoriedade, é uma questão de vida ou morte”.

Confira o vídeo em nossa página no Facebook e compartilhe. Juntos podemos conscientizar mais gente!

Você pode ter acesso aos filmes aqui no nosso site também. Clique aqui.

#DirijaSemDesculpas #Campanha

0 comentário

Rua Ipiranga, 109, Laranjeiras/RJ | Tel: (21) 2205-7996 / 98181-6519

Atendimento presencial e Teleatendimento