• Centro Ortopédico Ipiranga

A vacina COVID-19, seus ossos e articulações

Muitos pacientes ortopédicos têm dúvidas sobre como a vacina da COVID-19 pode afetar seus ossos e articulações. A Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos (AAOS) declarou recentemente que os benefícios da vacina superam fortemente os riscos ortopédicos. A AAOS dá total apoio à ampla adoção da vacina.



Sobre a vacina COVID-19


As vacinas que foram desenvolvidas para proteger contra a COVID-19 diferem das vacinas tradicionais porque não injetam um vírus vivo ou desativado no corpo. Em vez disso, um pedaço de material genético fabricado em laboratório chamado RNA mensageiro (mRNA) é injetado. O mRNA instrui as células do corpo a fabricar uma “proteína spike” que é encontrada na superfície do vírus COVID-19.


O corpo então desenvolve imunidade à “proteína do pico”, que protege contra o vírus.


O Centro de Controle de Doenças (CDC) recomenda que você tome a vacina, mesmo se você teve uma infecção por COVID-19 e se recuperou.



Efeitos colaterais ortopédicos


Como a maioria das vacinas, a vacina da COVID-19 é injetada no músculo deltóide na lateral do braço. Alguns pacientes temem que receber uma injeção nesta área possa causar lesões permanentes no ombro. De acordo com a Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos, é improvável que isso ocorra.


Bursite subacromial, tendinite do manguito rotador e artrite glenoumeral (artrite da articulação do ombro) são doenças do ombro comumente vistas em adultos. Estudos mostram que essas condições não ocorrem com mais frequência em pacientes que receberam vacinação do que na população geral.


Além disso, a injeção é administrada no músculo deltóide, abaixo do espaço onde ocorreria a bursite ou tendinite e fora da articulação glenoumeral, onde os pacientes podem apresentar artrite. Mesmo que a vacina seja injetada inadvertidamente em qualquer um desses espaços, estudos têm mostrado que ela não terá efeitos colaterais prejudiciais.



Vacinação e Cirurgia Ortopédica Eletiva


Se você está programado para uma cirurgia ortopédica eletiva — como uma artroscopia ou substituição da articulação — e recebeu uma ou duas doses da vacina, pode estar se perguntando se é seguro prosseguir com o procedimento. Não há evidências de que a vacinação irá interferir em sua cirurgia ou recuperação.


Em algumas circunstâncias, entretanto, seu cirurgião pode recomendar esperar dois ou três dias após a vacinação para fazer a cirurgia — apenas para garantir que você não tenha efeitos colaterais. Da mesma forma, seu cirurgião pode recomendar o adiamento da vacinação até alguns dias após a cirurgia. Isso é para garantir que quaisquer problemas que possam ocorrer após o procedimento não sejam confundidos com efeitos colaterais da vacina.


Se você tiver alguma dúvida sobre o momento de sua cirurgia, seu cirurgião ortopédico poderá orientá-lo.


Se você tiver uma lesão aguda — como entorse ou osso quebrado — mas não for fazer uma cirurgia, não há razão para adiar a vacinação.


A Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos (AAOS) disponibilizou em seu site diversas perguntas e respostas para pacientes sobre cirurgia eletiva e COVID-19. Clique aqui para acessar!


Vacinação e injeções de corticosteroides


Se você estiver recebendo uma injeção de corticosteroide para uma condição ortopédica, como artrite ou síndrome do túnel do carpo, seu médico pode aconselhá-lo a esperar alguns dias após a injeção antes de receber a vacina da COVID-19. Ele também pode recomendar a espera de um período de tempo após a vacinação.


Seu médico pode responder a quaisquer perguntas que você possa ter sobre o horário das injeções de corticosteroides e da vacinação COVID-19.



Depois de ser vacinado


Mesmo que as duas principais vacinas da COVID-19 disponíveis hoje sejam cerca de 94% eficazes, você deve continuar a seguir todas as regras e precauções da comunidade relativas à COVID-19 após a vacinação. Ainda há uma chance muito pequena de você obter o COVID-19. Além disso, embora a vacina ajude a protegê-lo contra doenças, não se sabe se você ainda pode ser um portador do vírus. Por esses motivos, você deve continuar a usar máscara, praticar o distanciamento social, evitar aglomerações e lavar as mãos com frequência.


Este conteúdo foi criado pela AAOS para ajudar a solucionar dúvidas que você possa ter sobre o efeito da vacina da COVID-19 em sua saúde musculoesquelética. Se, ainda assim, você tiver alguma dúvida ou precisar de mais informações, entre em contato conosco. Estamos à disposição para ajudá-los: (21) 99985-4472 / 98181-6519 / 2205-7996 / 3176-2061.


 

Este artigo é fornecido como um serviço informativo e não substitui a orientação médica.


Qualquer pessoa que procure aconselhamento ou assistência ortopédica específica deve consultar o seu cirurgião ortopédico ou agendar uma consulta no Centro Ortopédico Ipiranga clicando aqui.


Fonte: Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos

1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Rua Ipiranga, 109, Laranjeiras/RJ | Tel: (21) 2205-7996 / (21) 98181-6519

Atendimento presencial e Teleatendimento